Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo, Vol. 6, No 19 (2016)

Formação superior em Jornalismo e os desafios da prática no jornal-laboratório

Cíntia Xavier, Marcelo Engel Bronosky

Resumo


Os cursos de graduação em Jornalismo passam por alterações significativas, em especial, nos últimos anos. Entre elas está a implementação das novas diretrizes curriculares para a formação superior, perpassando pelos debates em torno das características dos jornais laboratórios. Há um processo de readequação da oferta de cursos superiores, em parte pela falta de obrigatoriedade da graduação para o exercício da profissão. Outro aspecto é que em função da queda de circulação de exemplares dos jornais impressos em diversos países e em especial no Brasil, tem crescido nos cursos o debate a respeito da necessidade de materiais laboratoriais impressos. A proposta de texto apresenta um mapa/levantamento, acompanhado de reflexão sobre a situação no Paraná a partir de dois indicadores: quantos e quais cursos de Jornalismo estão em funcionamento; e a existência ou não de jornal-laboratório impresso. A percepção é de que as graduações estão diminuindo a oferta de jornais laboratórios impressos.

Texto Completo: ARTIGO